Abençoado 13º salário + bendita restituição do Imposto de Renda. A combinação do fim de ano é capaz de trazer animação até ao mais mal-humorado dos consumidores. Só que a soma mágica, que faz brotar tanto dinheiro na conta, também requer cuidados – inclusive, para as empresas e administradoras do cartão de crédito. Estabelecer um limite adequado para cada cliente é uma decisão muito técnica e que exige bom-senso.

Dezembro é um mês atípico

A decisão de aumentar o limite do cartão de qualquer consumidor não pode ser baseada só no período de Natal – um clássico período do consumismo. As contas bancárias estão estufadas, mas são rapidamente consumidas pelos gastos sazonais: roupas, perfumes e eletrônicos são carinhosamente distribuídos aos familiares. Até a tia de terceiro grau pode aparecer de surpresa na ceia para “filar” algum presente. Uma onda de benevolência que acaba, geralmente, na primeira fatura do cartão de crédito do ano. Sem contar os gastos de janeiro, rigorosamente anuais, que as pessoas têm dificuldade de projetar, como o IPVA, IPTU, a rematrícula e os custos com material escolar.

Quanto o seu cliente consegue pagar?

Todas as empresas e administradoras de cartão fazem um trabalho de avaliação do comportamento mensal do consumidor. São as duas velhas equações:
1 – Bom pagador: Aumenta o limite de crédito, o cliente consome o que for necessário e consegue pagar direitinho assim que receber o salário.
2 – Mau pagador: Aumenta o limite de crédito, o cliente consome mais do que o necessário e o que pode e acaba se endividando. Não à toa uma decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN) deixou os bancos à vontade para reduzir o limite do cartão de crédito sem o aviso prévio aos clientes.
A GoOn incentiva e ajuda as empresas a gerir com parcimônia esse limite de crédito: aumentar no momento propício, mas também reduzir nas horas necessárias, para o bem do próprio cliente.

Não basta ser. Tem que parecer!

Gestão de riscos não deve ser uma tarefa EXCLUSIVA da área de riscos. O cliente não vai perceber do dia a noite que o limite dele foi aumentado. Ele precisa ser informado. As ações mais bem-sucedidas da área de risco são NECESSARIAMENTE COMBINADAS com a área de marketing.
A publicidade aliada ao aumento crédito pode transformar o cliente em um potencial comprador. A chave do negócio é unir as inteligências: a do crédito e a da comunicação.